21 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Política

AL promove amanhã audiência sobre Lei Maria da Penha

15 OUT 2007 - 09h06min
agora ms

A declaração de inconstitucionalidade da Lei nº 11.340/06, conhecida como lei Maria da Penha, está causando indignação. Para debater a aplicação e implementação da referida norma, a deputada Celina Jallad (PMDB) requereu, na Assembléia Legislativa, a realização de uma audiência pública nesta terça-feira, a partir das 14h.


"A solicitação é do Fórum Estadual dos Organismos Governamentais de Políticas para Mulheres e do Comitê Suprapartidário de Mulheres, do qual esta parlamentar é presidente, além dos conselhos estadual e municipal dos Direitos da Mulher. Vamos discutir a decisão da 2ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça de MS e seus reflexos na aplicabilidade da lei. Esta audiência será, sem dúvidas, muito importante para os rumos que tomarão as políticas públicas que visam o bem-estar da mulher", disse Celina.


A ministra Nilcéia Freire, da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, foi convidada para participar da audiência, mas infelizmente estará no México, atendendo compromissos anteriormente assumidos.


Foram convidados para discutir e debater a lei Maria da Penha o presidente da OAB/MS, Fábio Trad, a procuradora-geral de Justiça, Irma Vieira de Santana e Anzoategui, Edna Regina Batista Nunes da Cunha, defensora pública, Ana Lara de Camargo, promotora da Vara da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Campo Grande, além dos representantes da secretaria de Assistência Social do município e do Estado.


Entenda


No dia 26 de setembro, os desembargadores da 2ª Turma Criminal do TJMS julgaram um recurso do Ministério Público Estadual contra decisão do juiz de Itaporã, que reconheceu a inconstitucionalidade da Lei nº 11.340/06, denominada Lei Maria da Penha. A decisão foi unânime.


O magistrado de primeiro grau alegou que a norma criou discriminação, pois coíbe a violência contra a mulher e não a que porventura exista contra homens. Em seu voto, o Des. Carlos Eduardo Contar sustentou que a Lei Maria da Penha "viola o direito fundamental à igualdade entre homens e mulheres", razão pela qual reconheceu, para aquele recurso, a inconstitucionalidade da referida norma jurídica.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Mãe flagra filha adolescente seminua com o marido e é atingida a golpes de facão

2
Aquidauana

Sem sinalização, mais um acidente é registrado na rua Antônio Campelo

3
Miranda

Com prefeito a bordo, pescadores se maravilham ao avistar 4 onças à beira do Rio Miranda

4
Aquidauana

Para Tati, fé foi imprescindível para superação da perda e também na chegada de Sofia

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max32

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min23 max32

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,22m
Miranda
1,52m
Paraguai
(-) 31

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"JÁ TENTEI OLHAR BEM DE PERTO"

Valdemir Gomes

Ainda...

Rosildo Barcellos

Poluição como questão de saúde pública!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Supermercados

Mercearia e Bar Toquinho

Marechal Mallet, 914 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-5525
Agências de Viagem e Operadoras

LukaTour

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 552 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 1440 (fax)
Pousadas

Fazenda Barranco Alto

Rio Negro, ------ ------- - 79200-000 Aquidauana/MS (67)9986-0373 www.fazendabarrancoalto.com.br
Ver Mais
Fale com a redação