18 de janeiro de 2021
Anuncie Aqui
-->
Política

CCJ votará punição a repasse de percentual do salário de ocupante de cargo público a partido polític

14 JAN 2008 - 16h09min
agência senado

Aguarda decisão da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) projeto do senador Arthur Virgilio (PSDB-AM) que pune como crime contra a administração pública a exigência do repasse a terceiro, por exemplo, partido político, de percentual do salário de quem ocupa cargo público. O projeto (PLS 369/07) altera o Código Penal para fixar em até três anos de reclusão, além de multa, a pena para quem infringir essa norma.


Na justificação do projeto, Arthur Virgilio diz que deseja eliminar da administração pública brasileira essa prática política que, "no seu mais baixo e rasteiro significado", caracteriza o uso indevido da máquina administrativa para fins particulares, comprometendo de forma incisiva a gestão e favorecendo apenas aqueles que exercem temporariamente o poder.


"O que se observa no atual cenário entristecedor do jogo político é a prática mercantilista da ocupação de cargos públicos, cujos titulares os assumem com o compromisso prévio de retirar parte importante dos seus vencimentos para destiná-lo a exercente de cargo eletivo ou de cargo administrativo e até mesmo à agremiação política em cuja legenda se abriga o patrocinador dessa prática deplorável".


No entender de Arthur Virgilio, direta e indiretamente, é a sociedade brasileira que, na verdade, arca com os custos dessa manipulação. Ele também lamenta que "essa cultura repelente, operada na feira política", não se restrinja à órbita federal. De acordo com o parlamentar, tal prática está se expandindo de forma incontrolável, cristalizando-se intensamente também nos estados e municípios.


Sobre os partidos que se beneficiam disso, diz o senador: "Com efeito, ao lançar mão dos recursos públicos, mediante cargos, funções e numerário, para aumentar o rendimento de um partido, ou locupletar-se individualmente, o executor dessa ignomínia fere de morte o princípio da moralidade administrativa. Além disso, os chamados cargos de confiança passaram a ser a mais nova ferramenta para esse objetivo financeiro-partidário".


Na opinião de Arthur Virgilio, a prosseguirem essas nomeações conectadas a repasse de percentual do vencimento, avizinha-se no Brasil outro dano ao erário:


"Como revela claramente o esquema imoral 'quanto mais nomeações, mais lucro', a tendência natural é inchar a máquina administrativa, criando-se mais funções de confiança, de onde militantes retirarão dos seus ganhos a parcela exigida para que se concretize sua designação".

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Prejuízo: Carro é danificado após 'cair de frente' em buraco em Anastácio

2
Policial

Homem de 81 anos é assassinado com facada na barriga

3
Policial

Homem é preso por incendiar carro por dívida de R$ 50 em Jardim

4
Brasil

Anvisa decide autorização emergencial para uso de vacinas

Vídeos

Após chuvas, árvore cai em cima do telhado de residência em Corumbá

Com período chuvoso intenso, rio Aquidauana sobe e chega a 5 metros

Após acidente de trânsito envolvendo carro e moto, vítima é levada para pronto socorro

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min19 max26

Aquidauana

Sol com muitas nuvens a nublado com chuva no fim da manhã. Tarde e noite chuvosas.
min19 max26

Anastácio

Sol com muitas nuvens a nublado com chuva no fim da manhã. Tarde e noite chuvosas.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
5,75m
Miranda
2,81m
Paraguai
0,64cm

Colunas e Blogs

Mariana Thomé

Corrupção: o mal que deve ser inibido e que impede o ...

Rosildo Barcellos

Pneu verde

Valdemir Gomes

Vou...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Pousadas

Fazenda Santa Sophia

Rio Negro, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3686-2025
Escolas Particulares

Escola Dom Aquino

Rua Marechal Mallet, 2000 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4799
Panificadora e Confeitaria

Panificadora e Confeitaria Acácia

Rua Estevão Alves Corrêa, 949 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS 3241-5560
Ver Mais
Fale com a redação