X
Política

Cúpula vai trabalhar para 'reorganizar' PSDB, diz tucano

Com a desistência da pré-candidatura do governador de Minas Gerais, Aécio Neves, à Presidência da República, a cúpula do PSDB trabalhará durante as últimas semanas do ano para "reorganizar o partido", informou o secretário-geral da legenda, deputado Rodrigo de Castro (MG). O parlamentar e o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), irão montar nos próximos dias um calendário de viagens que farão juntos, de janeiro a março.


Apesar da agenda complicada do governador de São Paulo, José Serra, a ideia é levar o pré-candidato a todas essas viagens, para expor a imagem do tucano. Como Aécio Neves ocupou, nos últimos meses, a função de articulador nos Estados do Norte e do Nordeste, onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem mais força, os tucanos avaliam que será indispensável a presença de Serra nesses locais. "É claro que vai crescer a exposição do nome José Serra porque ele é o nome que o partido apresenta, diferente de antes, quando tínhamos duas opções", resume Sérgio Guerra.


Em contrapartida, para afagar o governador mineiro, o PSDB realizará uma reunião da Executiva em Belo Horizonte e, assim, pretende deslocar as lideranças do partido até o ninho de Aécio. Segundo interlocutores da legenda, o propósito é mostrar que, mesmo sem o governador como postulante à Presidência, os mineiros são importantes para o projeto do PSDB.


Nos meses em que ficará enclausurado em Minas Gerais, Aécio deve trabalhar para fazer do vice Antonio Anastasia seu sucessor no governo estadual. Só voltará a se mobilizar nacionalmente em prol da legenda quando o candidato à Presidência for anunciado formalmente, o que deve ocorrer apenas em março. No Estado, Aécio também deve pavimentar sua vaga ao Senado. Segundo um aliado do governador, ele sequer aceita discutir entre amigos a hipótese de ser vice numa chapa puro-sangue com José Serra. "Este assunto só está em discussão na imprensa. Vice é um assunto para o segundo capítulo", diz Guerra.


Viagens


Nas viagens que ainda serão programadas, os tucanos tentarão resolver os problemas regionais. No Ceará, segundo um parlamentar do partido, o senador Tasso Jereissati resiste em ser o candidato ao governo. O PSDB também está sem palanque no Rio de Janeiro, uma vez que Fernando Gabeira, do PV, trabalhará pela campanha de Marina Silva à sucessão de Lula. Sem um postulante natural, Gabeira era a alternativa tucana no Estado.


Sem o apoio do PV, os tucanos trabalham com duas alternativas, de acordo com o deputado Rodrigo de Castro. Uma seria lançar o ex-prefeito César Maia, do DEM, ao governo estadual. Outra possibilidade seria "construir um candidato" a partir de um deputado federal de expressão. Os nomes em discussão são os da deputada Andreia Zito, e dos deputados Otávio Leite e Marcelo Itagiba, que recentemente saiu do PMDB e ingressou no PSDB.


Nos demais Estados, como no Paraná, onde o PSDB tem dois pré-candidatos - o senador Alvaro Dias e o prefeito de Curitiba, Beto Richa - Rodrigo de Castro disse esperar que a solução se dê por acordo entre os dois postulantes. "O diálogo entre eles está cada vez maior e já foi avisado ao partido que os dois chegarão a um consenso. O partido está tranquilo quanto a isso."


A primeira parada da caravana tucana mais perto de ter uma data definida é Teresina, no Piauí. Lá, o partido realizará um seminário sobre infraestrutura. O encontro deveria ter ocorrido no último dia 11, mas foi desmarcado porque José Serra viajou a Copenhague e Sérgio Guerra ficou doente, sem poder comandar o encontro. O seminário será remarcado para a segunda quinzena de janeiro.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Hemosul convoca doadores de sangue neste fim de semana

Ação visa abastecer estoque de tipagens

Saúde

Brasil tem mais de um milhão de casos de dengue este ano

Seis estados e o Distrito Federal decretaram situação de emergência

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo