07 de maio de 2021
Anuncie Aqui
-->
Coronavírus

Defensoria Pública de MS solicita à SES a inclusão de gestantes no Plano de Vacinação contra a covid

16 ABR 2021 - 09h00min
Assessoria de Comunicação/ DPEMS
A Defensoria Pública de MS, por meio do Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher (Nudem), entregou na tarde de hoje (15) à Secretaria de Estado da Saúde (SES) a solicitação de medidas de atenção à saúde das gestantes e puérperas e sua inclusão no Plano de Vacinação contra a covid-19.
 
No encontro com o secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende, a coordenadora do Nudem, defensora pública Thais Dominato, explicou a situação do Estado e, inclusive, pontuou as 21 mortes maternas, sendo 13 por covid-19, registradas no primeiro trimestre de 2021 em MS.
 
"O Brasil é onde mais morrem gestantes por covid. No ofício entregue ao secretário ressaltamos que essa quantidade de mortes é expressiva quando comparamos no mesmo período de 2020, que teve apenas três óbitos", pontuou a coordenadora do Nudem.
 
O secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende, compartilha da necessidade de inclusão das gestantes no Plano Nacional de Vacinação e tem pleiteado apoio para a abrangência da cobertura vacinal.
 
“Para mim o retrato mais cruel é a mortalidade maternal e infantil. Eu como ginecologista obstetra sei que minha passagem por aqui, na SES, não será completa se eu não fizer algo a respeito. Sobre a vacina estou pedindo apoio da Fesbrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e da Sogomat (Associação de Ginecologia e Obstetrícia de Mato Grosso do Sul) para que levem a pauta ao Conas (Conselho Nacional de Saúde) e haja a inclusão desse grupo”, explicou o secretário.
 
Demais serviços voltados à Saúde da Mulher -  Além da inclusão das gestantes, a Defensoria reforçou a importância da manutenção dos serviços de saúde sexuais e reprodutivos, com destaque para o DIU de cobre no pós-parto e pós-aborto, para o combate à mortalidade, e o incentivo ao pré-natal.
 
O secretário reconheceu a necessidade de campanhas sobre o tema e pontuou a realização de um levantamento nos municípios sobre “o que falta para um pré-natal eficiente”.
 
“Vou fazer um levantamento do quantitativo de grávidas no Estado e, inclusive, estou comprando 70 aparelhos de ultrassom para cidades que não têm e aparelhos móveis para chegar a aldeias e áreas rurais de difícil acesso”, frisou o secretário.
 
O coordenador do NAE, defensor público Pedro Paulo Gasparini, reforçou ao secretário que a Defensoria Pública está à disposição para o trabalho em conjunto, tanto no levantamento desses números, como reforçando os pleitos junto aos municípios do Estado.
 
“A SES pode contar com a Defensoria na feitura desses levantamentos. Acreditamos nas parcerias e elas têm sido, com diferentes instituições, um importante instrumento na resolução de problemas e na celeridade do acesso à saúde e à dignidade para a população”, completou o coordenador do NAE.
 
Pedido Nacional -  Em fevereiro, quando gestantes e puérperas foram excluídas do Plano Nacional de Vacinação, coordenadoras dos Núcleos Especializados de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres (Nudem) de Defensorias Públicas de 16 estados da Federação, pediram uma justificativa ao Ministério da Saúde (MS).
 
Em 15 de março, o Ministério da Saúde expediu Nota Técnica sobre o tema, na qual (a) recomenda a vacinação de gestantes com comorbidades preexistentes; e (b) dispõe que a vacina pode ser oferecida a gestantes sem comorbidades após avaliação de riscos e benefícios.
 
Contudo, apesar das diretrizes, o documento não indicou que gestantes, puérperas e lactantes, devam ser incluídas no grupo prioritário do Plano Nacional.
 
Os Núcleos, então, se uniram para solicitar a atualização do Plano de Vacinação do Ministério da Saúde. "Quando as gestantes foram consideradas como grupo de risco, já tinha saído o Plano Nacional de Vacinação. Nós pedimos ao Ministério da Saúde a atualização do Plano de Vacinação e colocar as gestantes como grupo de risco", pontua a coordenadora do Nudem/MS.
 
O ofício encaminhado ao Ministério da Saúde também apresentou informações publicadas pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia, em julho de 2020, sobre a publicação no International Journal of Gynecology and Obstetrics, utilizando os dados do SIVEP-Gripe, em que foram reportadas a ocorrência de 124 óbitos maternos no Brasil entre janeiro e 18 de junho de 2020.
 
De acordo com a publicação, o número representa crescimento de ao menos 7% na razão de mortalidade materna no Brasil, no respectivo ano, além de ser 3,5 vezes maior do que a soma do número de mortes maternas por Covid-19 reportado em outros países até a ocasião.
 
Mato Grosso do Sul é referência - Durante a reunião, a coordenadora do Nudem destacou que a busca por apoio da SES é muito importante, pois Mato Grosso do Sul é referência nacional no atendimento à mulher, além de figurar entre os primeiros Estados na questão da imunização de sua população.
 
Participaram do encontro o coordenador do Núcleo de Ações Institucionais e Estratégicas (NAE), defensor público Pedro Paulo Gasparini, atualmente respondendo pela chefia de gabinete do Defensor Público-Geral do Estado; a coordenadora do Nudem, defensora Pública Thais Dominato; a assessora legislativa da Defensoria, Katia Motti; e o secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Em Anastácio, motociclista é jogado pra fora da pista após pneu estourar

2
Aquidauana

Exemplo de garra, professora Nara luta contra o terceiro câncer em meio a pandemia sem perder a fé

3
Geral

Após serem jogados pra fora da pista, pai e filho recebem alta de hospital

4
Geral

Voo que vinha de São Paulo para Campo Grande não consegue pousar por conta do mau tempo

Informe Publicitário

Informe

Com 30 anos no mercado, Atlântico Super Center inaugura filial em Aquidauana

Previsão do Tempo

min13 max23

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
min13 max23

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,06m
Miranda
2,19m
Paraguai
1,72m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Em...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

5 De Maio Dia Internacional Da Língua Portuguesa

Rosildo Barcellos

Indizíveis Vicissitudes

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Ag. Correios

Agencias dos Correios

Estevão Alves Correa, 621 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 1828
Hospitais/Postos de Saúde

FUNRURAL - Associação Beneficente Ruralista

Rodovia Aquidauana - CERA, Km 04, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241- 4123 / 32
Casas de Shows

GRESSA

Visconde de Taunay, 457 Bairro Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4142/9201-
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo