X
Política

Deputado do dinheiro na meia mantém comando da Câmara


O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Leonardo Prudente (sem partido), um dos acusados de receber propina do esquema de corrupção conhecido como "Mensalão do DEM", disse nesta segunda-feira, 11, que permanecerá no comando da Casa, apesar da pressão da oposição para que se afaste do cargo até que terminem as investigações.


Em inquérito instaurado a partir das investigações feitas pela Polícia Federal na Operação Caixa de Pandora, Prudente é acusado com outros nove deputados distritais de envolvimento no esquema, supostamente comandado pelo governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (ex-DEM).


"Os trabalhos vão continuar e vou permanecer no cargo, porque é um direito constitucional e porque eu tenho um dever a cumprir", justificou Prudente, sem especificar a qual dever se referia. / foto: Celso Junior/AE

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Pesquisa de Ministério vai investigar saúde e nutrição de crianças até 6 anos

Visitas domiciliares começam no próximo dia 29

Polícia

Dois são presos por estupro de criança em Coxim

Os abusos teriam ocorrido na última semana

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo