X
Política

Felipe Orro pede suspensão da CPI da Energisa até fevereiro de 2021

Orro é presidente da CPI / Divulgação

O deputado estadual Felipe Orro (PSDB) solicitou a suspensão dos prazos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga supostas cobranças indevidas por parte da Energisa, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica, em Mato Grosso do Sul, até fevereiro de 2021.

Instaurada ainda em 2019, a investigação pouco avançou em 2020, devido a recursos apresentados à Justiça pela empresa e também por conta da pandemia do novo coronavírus.

Apesar de Orro ter feito a solicitação formal à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, foi o relator, deputado estadual Capitão Contar (PSL), que pediu a suspensão da CPI.

No documento, Orro destaca que a fase de recolhimentos dos medidores precisou ser interrompida devido à pandemia, que também acarretou na suspensão de abertura das reuniões ao público.

O parlamentar também considera, no pedido, a curva ascendente de casos de Covid-19 no Estado, que já soma mais de 104 mil conformações e 1,8 mil mortes.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cultura

Espaço Cultural do TCE-MS abre nova exposição com "Entidades Beneficentes"

O Espaço Cultural do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul foi inaugurado no dia 25 de setembro de 2023

Serviços

Tribunal instala PID em Guia Lopes da Laguna

Os pontos de inclusão digital são estruturas físicas e tecnológicas adequadas para a realização de atos processuais

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo