X
Política

Integração repassa R$ 60 milhões para 55 municípios de MS

O Ministério da Integração Nacional repassa nesta segunda-feira. R$ 60 milhões para obras em 55 municípios

O Ministério da Integração Nacional repassa nesta segunda-feira, 25 de janeiro, aproximadamente R$ 60 milhões para obras em 55 municípios de Mato Grosso do Sul. A solenidade de assinatura dos documentos vai ser realizada às 15 h na sede da Associação Sul-Mato-Grossense de Municípios-Assomasul, em Campo Grande, e contará com a presença do Secretário do Centro-Oeste, Carlos Henrique Sobral, do diretor da secretaria, Frederico Valente, do governador André Puccinelli, deputados e senadores que viabilizaram os recursos junto ao governo federal e os prefeitos das cidades beneficiadas.

Do total de recursos, quase a metade (R$ 26,7 milhões) é fruto de emendas do senador Delcídio do Amaral (PT/MS) e do deputado federal Antonio Carlos Biffi(PT) ao Orçamento Geral da União, que beneficiam 24 municípios.

“Teremos nesta segunda-feira a concretização de um trabalho importante feito junto ao Ministério da Integração no final do ano passado. É um volume expressivo de recursos, que vai permitir a realização de quase uma centena de obras em todas as regiões do estado. O dinheiro será investido em pavimentação asfáltica, drenagem, reforma de escolas e até na construção de um estádio de futebol (Fátima do Sul)”, adianta Delcídio.

O senador destaca a ação do Ministério da Integração Nacional para o fortalecimento da infraestrutura dos estados da Região Centro-Oeste.

“Toda a equipe está de parabéns. O ministro Geddel Vieira Lima , o secretário Carlos Henrique, o diretor Frederico Valente, enfim, todos os que os trabalharam para que atingíssemos os resultados a que estamos chegando agora. A atuação competente da Secretaria do Centro-Oeste demonstra a importância da recriação da SUDECO, que voltará a funcionar como indutora do desenvolvimento da nossa região”, avalia Delcídio.

Municípios

A relação dos municípios beneficiados pelas emendas de Biffi e Delcídio, com os respectivos valores, é a seguinte :



- Amambai – R$ 1 milhão 950 mil

- Aral Moreira – R$ 400 mil

- Bela Vista – R$ 2 milhões

- Dois Irmãos do Buriti – R$ 300 mil

- Itaporã – R$ 900 mil

- Japorã – R$ 400 mil

- Jateí – R$ 350 mil

- Cassilândia – R$ 1 milhão e 87 mil

- Água Clara – R$ 750 mil

- Antonio João – R$ 650 mil

- Aquidauana – R$ 500 mil

- Campo Grande – R$ 2 milhões

- Caracol – R$ 350 mil

- Coronel Sapucaia – R$ 500 mil

- Dourados – R$ 8 milhões 643 mil

- Fátima do Sul – R$ 1 milhão

- Glória de Dourados – R$ 500 mil

- Guia Lopes da Laguna – R$ 750 mil

- Iguatemi – R$ 263 mil

- Ladário – R$ 900 mil

- Nioaque – R$ 500 mil

- Ponta Porã – R$ 1 milhão

- Sete Quedas – R$ 500 mil

- Tacuru – R$ 500 mil



Total : R$ 26 milhões 693 mil

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Hemosul convoca doadores de sangue neste fim de semana

Ação visa abastecer estoque de tipagens

Saúde

Brasil tem mais de um milhão de casos de dengue este ano

Seis estados e o Distrito Federal decretaram situação de emergência

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo