X
Política

Ministério Público pede cassação do prefeito reeleito de Guia Lopes da Laguna

Jair Scarpini (PSDB) foi reeleito com apenas 86 votos de diferença para o 2º colocado

Ministério Público investiga suposta compra de votos / Reprodução/web

Por suspeita de compra de votos, o Ministério Público Eleitoral pediu a cassação do registro ou diploma do prefeito reeleito de Guia Lopes da Laguna, Jair Scapini (PSDB). Além dele, são arrolados na ação o vice-prefeito eleito, Ademar Barros (PSDB), e o secretário de Administração, Clarindo da Silva Pires.

Em despacho publicado no último dia 10, a juíza Melyna Machado Mescouto Fialho, da 22ª Zona Eleitoral, deu prazo de cinco dias para manifestação das defesas. Após isso, o Ministério Público terá 48 horas para emissão de novo parecer.

O tucano foi reeleito com 41,26% da preferência do eleitorado, apenas 86 votos a mais que o segundo colocado na disputa, Tico (Patriota). O espaço segue aberto para manifestação, caso queiram.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Nova fábrica de etanol de milho é inaugurada em Maracaju

Empreendimento tem investimento de R$ 1,08 bilhão

Polícia

PRF apreende 48 pneus em Itaquiraí

O motorista foi preso e encaminhado à Polícia Federal

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo