28 de outubro de 2021
Anuncie Aqui
Política

Polícia Civil prende ex-secretário Edson Giroto e empresário João Amorim

Prisões foram a pedido da força-tarefa do MPE sobre a Lama Asfáltica

10 NOV 2015 - 13h00min
Mídia Max
Equipes da Polícia Civil prenderam, nesta terça-feira (10), ao menos dois envolvidos em investigações da força-tarefa do MPE (Ministério Público Estadual), resultante da Operação Lama Asfáltica, esta conduzida por forças federais. Os presos são o ex-deputado federal e ex-secretário de Obras do Estado, Edson Giroto (PR), e o empresário João Amorim, dono da Proteco Construções.
 
Segundo informações da Polícia Civil, o caso é mantido sob sigilo. No entanto, a mesma fonte confirma que houve as prisões, decorrentes de ordens concedidas à 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social ? há informações, ainda não confirmadas, de que outros mandados de prisão teriam sido cumpridos.
 
No MPE, a assessoria de comunicação diz não ter informações sobre as prisões. A força-tarefa é um desmembramento estadual da Lama Asfáltica, que investiga suposto esquema de desvio de verbas públicas em diferentes esferas do poder público.
 
Outros pedidos
 
O delegado da Polícia Federal, que também acompanha o caso, Marcos André Araújo Damato já havia solicitado prisão de vários suspeitos de desvios milionários na gestão de André Puccinelli (PMDB). A lista incluía Puccinelli, Edson Giroto (PMDB), Maria Wilma Casanova, adjunta na secretaria de Obras, Hélio Yudi, fiscal terceirizado, Marcos Puga servidor da Agesul, Beto Mariano, Edmir Fonseca Rodrigues, Márcia Alvares, Newton Stefano e André Luiz Cance.
 
O Ministério Público Federal chegou a dar parecer favorável a prisão temporária, por cinco dias, dos oito, e para prisão preventiva de Amorim, Elza Araújo (sócia dele) e Rômulo Menossi. Porém, o juiz federal Dalton Igor Kita não autorizou, alegando que não havia indícios de materialidade e autoria da prática de ilicitude.
 
Na ocasião o juiz ressaltou que Puccinelli foi citado por duas interceptações onde o secretário adjunto da Fazenda, André Luiz Cance, falava sobre a ?alvorada e alvorecer?, que seria, segundo a Polícia Federal, referente a contrato com a Gráfica Alvorada, firmado no final da gestão dele; por viagens no avião de Amorim e por doações de campanha, mas ainda não autorizou a prisão, nem a apreensão de documentos na residência.  ?Os indícios não são suficientes para busca e apreensão?, alegou o juiz.
 
No inquérito, o governador é citado como cauteloso por ter evitado contato com João Amorim, embora, segundo a polícia, tenham sido obtidos elementos que, ao ver deles, demonstram que ele recebeu propina da Gráfica Alvorada, em situação envolvendo a Organização Criminosa de João Amorim.

View Energy - Outubro_II_9
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Policia Penal frustra plano de fuga em massa no presídio de Aquidauana

2
Anastácio

Após dois dias sumida de casa, mãe retorna para a família em Anastácio

3
Cultura

Em Marília, Anastadance reafirma posição de destaque no cenário nacional

4
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

Informe Publicitário

Informe

Hospital Ruralista: recursos fizeram saúde "bater forte"

Previsão do Tempo

min23 max35

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min23 max35

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

As...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

EIS QUE CHEGOU...

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Auto Posto

Posto Mercúrio

Marechal Mallet, 957 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2770
Médicos

Cid Yukio Kuchida - Pediatria

Rua Manuel Antonio Paes de Barros, 1044 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1621
Hospitais/Postos de Saúde

Posto de Saúde Dr. Cândido Pinheiro Filho

R. Duque de Caxias, s/nº Bairro: Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3704 / 324
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo