X
Política

Presidente Lula se diz preocupado com os brasileiros no Haiti

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou com o chanceler Celso Amorim por telefone na noite desta terça-feira a respeito do forte terremoto que atingiu o Haiti, onde vivem diversos brasileiros, principalmente os militares integrantes da missão de paz da ONU no país, liderada pelo Brasil desde 2004.


Segundo o Ministério de Relações Exteriores, o presidente Lula está "muito preocupado" com a situação dos brasileiros e do povo haitiano em geral e aguarda informações mais concretas para definir quais providências serão tomadas.


Não há confirmação sobre vítimas. O terremoto atingiu 7 graus de magnitude, conforme a medição do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), e provocou diversos desabamentos, segundo testemunhas. O contato com o Haiti, por telefone, é difícil.


O terremoto provocou a emissão de um alerta de tsunami para partes do Caribe, informou o Centro de Alerta para Tsunamis no Pacífico. "Tudo começou a sacudir, as pessoas estavam gritando, as casas começaram a cair [...] é o caos total", afirmou um repórter da agência Reuters. "Vi pessoas sob os escombros, e pessoas mortas", acrescentou.


Segundo medição preliminar do USGS, o terremoto teve 7 graus de magnitude e aconteceu a cerca de 10 km de profundidade, a 22 km da capital haitiana, Porto Príncipe, que tem mais de 1 milhão de habitantes. Há dezenas de mortos e feridos sob os escombros, que bloquearam estradas na cidade, ainda de acordo com a agência de notícias Reuters.


A agência Associated Press informou que um hospital desmoronou em Petionville, perto da capital, e que pessoas estavam gritando por socorro. Outros prédios também foram danificados. Meios de informações locais, citados pela agência France Presse, informaram que o palácio Presidencial desabou.


Um funcionário local para o programa norte-americano Food for the Poor informou ter visto a queda de um prédio de cinco andares em Porto Príncipe, disse à Reuters a porta-voz do grupo, Kathy Skipper.


O forte terremoto foi sentido com grande intensidade na vizinha República Dominicana, disseram autoridades. O instituto sismológico de Santo Domingo disse que o terremoto teve uma magnitude de até 6,8 graus nas áreas mais afetadas, segundo a imprensa dominicana.


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que "seus pensamentos em orações" estavam com o povo do Haiti. "Estamos monitorando a situação de perto e estamos prontos para ajudar as pessoas do Haiti".


O Haiti é o país mais pobre do Ocidente. O Brasil comanda cerca de 7.000 soldados da força de paz da ONU (Organização das Nações Unidas) no Haiti, enviada ao país em 2004, e tem cerca de 1.300 homens na região.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

Lista de pré-selecionados atrasou quatro dias

Economia

Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19 horas, no horário de Brasília

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo