X
Política

Senado aprova projeto que cria o Vale Cultura

O projeto que cria o Vale Cultura foi aprovado nesta quarta-feira pelo Senado. O benefício no valor de R$ 50 é semelhante ao vale refeição, mas deve ser gasto com livros, ingressos de shows, cinema e teatro, por exemplo. Terão direito ao vale - projeto proposto pelo Ministério da Cultura - trabalhadores com carteira assinada que ganham até cinco salários mínimos.


No Senado, foram incluídas no projeto, entre as possibilidade de utilização do benefício, a compra de revistas culturais e jornais diários, mesmo após críticas de alguns parlamentares de que esta emenda possibilitaria o trabalhador comprar a revista Playboy e gibis com o dinheiro recebido.


Como sofreu alterações, o texto voltará para análise da Câmara dos Deputados. A estimativa é de que a iniciativa injete R$ 7,2 bilhões por ano no mercado cultural do País.


De acordo com o relator do projeto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), o projeto "fortalecerá as cadeias produtivas da economia da cultura, as manifestações de diversidade cultural brasileira, a profissionalização, o fortalecimento técnico dos trabalhadores e empresas do setor e a geração de renda, trabalho e emprego num dos setores mais dinâmicos e criativos da economia".

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

Lista de pré-selecionados atrasou quatro dias

Economia

Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19 horas, no horário de Brasília

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo