28 de outubro de 2021
Anuncie Aqui
Saúde

Aquidauana: profissionais de Enfermagem vão entrar em greve

Segundo fontes, a paralisação resulta de atraso salarial

12 FEV 2016 - 10h30min
da Redação
O atendimento na saúde pública no país, como todo, não é dos melhores. . Quando um setor entra em greve, o que já é precário pode ganhar contornos de ocaos. E isto pode acontecer em Aquidauana, a partir desta sexta-feira (12). A categoria de enfermagem de uma das referências no município e que presta serviços também a pacientes de Dois Irmãos do Buriti, Anastácio, Nioque, Miranda e Bodoquena, o Hospital Regional Dr. Estácio Muniz, está em greve. A decisão, tomada em assembleia geral realizada nesta sexta, começou a valer logo nas primeiras horas.
 
Segundo fontes ligadas à instituição, a paralisação resulta de atraso salarial. A folha de janeiro e o 13º salário não foram quitados. ?Até que tentamos negociar com a Prefeitura?, disse um dos ?hoje? grevistas, referindo-se ao órgão responsável pela gestão administrativa do Hospital que ao longo dos anos sobrevive com dificuldades. Conforme esta fonte, os representantes municipais não compareceram às reuniões de negociação agendadas pelos trabalhadores. Daí a inevitabilidade da greve.
 
Outro agravante é o não pagamento de dívida trabalhista, que passa dos R$ 500 mil. ?Esse valor foi resultado de ação judicial devido a atrasos de salários, férias e demais aj ustes trabalhistas. A sentença final ocorreu em maio de 2015, mas até agora essa dívida não foi paga?, explica o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul (SIEMS), Lázaro Santana.
 
Emergência
 
Como ?saúde é coisa séria? e a população não pode ficar refém dos entraves gerados entre as partes que a gerenciam, o movimento paredista resolveu estabelecer uma escala de emergência, que funcionará com um número reduzido de profissionais.  A estratégia continuará sendo usada até que as pendências com os funcionários sejam acertadas, segundo o diretor do SIEMS, Sebastian Rojas. 
 
"Tentamos evitar a paralisação, mas a situação tornou-se insustentável?, observa Rojas, que destaca a necessidade de um olhar carinhoso para com esses dedicados profissionais, que são chefes de famílias e têm compromissos financeiros.
 
Outro lado
 
O Pantaneiro entrou em contato com a diretora administrativa do Hospital Regional Dr. Estácio Muniz, Ana Lúcia Alves Corrêa, a Tuca.
 
De acordo com ela, a única dívida da Prefeitura é referente ao 13º salário, com prazo de pagamento fixado até 30 de março, conforme acordado com o Sindicato. A tendência é que o prefeito Zé Henrique assine, ainda nesta sexta-feira, um termo de compromisso para garantir o cumprimento do acordo.

Delivery Amorim_11
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Policia Penal frustra plano de fuga em massa no presídio de Aquidauana

2
Anastácio

Após dois dias sumida de casa, mãe retorna para a família em Anastácio

3
Cultura

Em Marília, Anastadance reafirma posição de destaque no cenário nacional

4
Geral

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

Informe Publicitário

Informe

Hospital Ruralista: recursos fizeram saúde "bater forte"

Previsão do Tempo

min23 max35

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min23 max35

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

As...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

EIS QUE CHEGOU...

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Restaurantes

Restaurante Fogão Caipira II

Rua Estevão Alves Corrêa, 1741 - Bairro Alto Aquidauana/MS 67 99903-6077 https://www.facebook.com/fogao.caipira.547
Pesqueiros

Pesqueiro do Barbosa

Distrito de Camisão, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 96157369
Ponto de Táxi

Ponto de Táxi Nº 7

Rua Estevão Laves Correa, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3422
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo