28 de novembro de 2021
Anuncie Aqui
Covid-19

Brasil registra menor média móvel de mortes desde o início da pandemia

Sete meses após o pico da doença, vacinação mostra resultados

19 OUT 2021 - 08h54min
João Marcelo Correia Sanches

Em 19 de abril de 2021 o Brasil registrou a maior média móvel de morte em decorrência da covid-19: cerca de 3 mil óbitos diários. Hoje (19), exatos sete meses após o ápice, o Ministério da Saúde informa que a vacinação em massa contra a doença surtiu efeito. Segundo a pasta, a queda no número de óbitos foi de quase 90% tendência que se acumula desde junho.

Oral Sin - Novembro Azul - 5

O boletim divulgado na noite de ontem (18) mostra que a média móvel de mortes está em 379,5, acompanhada pela queda expressiva também no número de novos casos da doença, que está em 12,3 mil ao dia.

“Nós temos um Sistema Único de Saúde [SUS] forte, com mais de 38 mil salas de vacinação, capaz de vacinar mais de 2 milhões de brasileiros, e um governo extremamente preocupado com a vida. Por isso, adquiriu mais de 550 milhões de doses de vacinas [contra a] covid-19, investiu bilhões com habilitação de leitos de unidades de terapia intensiva [UTIs] e vacinou mais de 90% da população brasileira com a primeira dose. Vacina é a saída para acabar com o caráter pandêmico da doença. Só assim vamos retornar para o nosso normal”, afirmou em nota o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Segundo Queiroga, o sucesso da ampla campanha de vacinação deve se estender para 2022 com a compra antecipada de 354 milhões de doses de vacinas aprovadas no país. O plano de vacinação para 2022 foi apresentado no início do mês de outubro.

“Nós já temos asseguradas mais de 300 milhões de doses para vacinar a nossa população. É uma vacinação um pouco diferente do que aconteceu em 2021, porque não é uma vacinação primária. Mas, o mais importante é: teremos doses de vacinas para todos”, declarou Queiroga.

O painel de vacinação do Ministério da Saúde mostra que mais de 108 milhões de brasileiros já cumpriram integralmente o esquema vacinal. Essa população corresponde a 68% do público-alvo da campanha do Programa Nacional de Imunização (PNI). A ferramenta informa, ainda, que 3,6 milhões de pessoas já tomaram a dose de reforço, recomendada para pessoas acima de 60 anos, imunossuprimidos (aqueles cujos mecanismos normais de defesa contra infecção estão comprometidos) e profissionais de saúde.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Figura querida na cidade, morre empresário José Celso Centoma

2
Policial

PRF responderá por tentativa de assassinato contra casal

3
Política

Marcos Trad anuncia cancelamento do carnaval de rua

4
Aquidauana

Das mãos de crianças, cartas escritas com palavras sinceras voam para aqueles que partiram de Covid

Informe Publicitário

Informe

Selaria União: couro e moda country você encontra aqui!

Previsão do Tempo

min22 max35

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min22 max35

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,23m
Miranda
2,79m
Paraguai
0,14m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Ao...

Gabriel Novis Neves

Só envelhece quem não morreu antes

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Leila Diniz ("UMA MULHER SOLAR") Marília Mendonça ("...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Pousadas

Pousada Aguapé

Estrada da Margem Esquerda, ------ ------- - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 686-1036 / 9986 www.pousadaaguape.com.br
Ponto de Táxi

Ponto de Táxi Nº 4

Rua Estevão Laves Correa, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2410
Médicos

Sandra M. A. Zurutuza - Pediatra

Manoel Antonio Paes de Barros, 606 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3783
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo