X
Atenção

Com 10 casos em investigação no MS, Governo mobiliza ação de prevenção ao COVID-19

O plano de contingência inclui a capacitação dos profissionais do Lacen para maior agilidade nos exames

Getty Imagens

Já são dez pessoas em situação de quarentena por apresentarem suspeita de coronavírus em Mato Grosso do Sul. Todos os pacientes vieram de viagens do exterior, em seis deles estão em Campo Grande, três no interior e um é italiano, que veio a trabalho para Aparecida do Taboado.

Conforme informações da SES (Secretaria de Estado de Saúde),foi criado um Centro de Operações de Emergência (COE/MS) com o objetivo de auxiliar na definição de diretrizes estaduais para vigilância, prevenção e controle da situação do COVID-19.

Foi elaborada nota técnica sobre as ações a serem adotadas em caso de surgimento de pessoas com os sintomas da doença e de como proceder com a coleta de amostras para exames. A nota já foi enviada aos profissionais de saúde dos 79 municípios e também a todos os serviços de saúde públicos e privados.

Foram adquiridas 10 mil máscaras N95, 721 caixas de máscara comum de três camadas, 3,2 mil aventais azuis, 10 mil hastes de swab para coleta de amostras e 10 mil pipetas. Também foram adquiridos tubos criogênicos, ponteiras laboratoriais e meio de cultura. Álcool 70, luvas e toucas também foram compradas.

Nesta sexta-feira (13). Os técnicos do Lacen (Laboratório Central de Saúde do MS) passam por capacitação para o início da realização dos exames aqui no Estado, o que estava sendo feito em São Paulo. O Lacen recebeu 240 testes para realização de exames do coronavírus do Ministério da Saúde.

Também foram adquiridos tubos criogênicos, ponteiras laboratoriais e meio de cultura. Álcool 70, luvas e toucas também foram compradas. Mato Grosso do Sul foi um dos primeiros estados da federação a montar o COE e a concluir o Plano Estadual de Contingência.

Sintomas e suspeitas de coronavírus

Febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, batimento das asas nasais entre outros) com histórico de viagem para área com transmissão local, de acordo com a OMS, nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas. Contato próximo domiciliar de caso confirmado laboratorial, que apresentar febre e/ou qualquer sintoma respiratório, dentro de 14 dias após o último contato com o paciente.

Senador do MS em quarentena

O senador de Mato Grosso do Sul e ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PSD) está em quarentena junto com a família até que sai o resultado dos exames de COVID-19. Na semana passada, ele viajou com o presidente Jair Bolsonaro em comitiva aos Estados Unidos, para agenda com o presidente Donald Trump. Todos que viajaram no avião estão em quarentena e realizaram exames para saber se estão infectados, já que o secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten, é positivo para a contaminação e estava na viagem.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

2024

Iniciativa de MS ganha reconhecimento pelo Observatório Nacional de Segurança Viária

Programa da TVE foi destaque nacional do Maio Amarelo

Inmet

Máxima prevista para Aquidauana nesta sexta-feira é de 30°C

Não há previsão de chuvas

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo