X
Brasil

Cooperação com hospitais de MS ameniza impactos das enchentes no RS

Rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares soma esforços para ajudar as unidades atingidas

Equipes de várias instituições têm colaborado na tarefa / Divulgação

A situação de calamidade que tomou todo o estado do Rio Grande do Sul, desde o final de abril, traduz-se em ações de solidariedade entre a sociedade civil e instituições públicas e privadas em diversas frentes. Entre os HUFs (Hospitais Universitários Federais) administrados pela Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares) não é diferente.

Em um esforço conjunto, as unidades gaúchas atingidas pela enchente têm recebido insumos, equipamentos, alimentação especial e medicamentos enviados por outros hospitais da Rede Ebserh. As unidades beneficiadas são: Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas, Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande e Hospital Universitário de Santa Maria da Universidade Federal de Santa Maria .

São equipamentos, medicamentos, fraldas descartáveis e outros insumos. Não importa se a doação vem do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Ceará ou do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados ou do Hospital Universitário Júlio Muller da Universidade Federal de Mato Grosso ou do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Humap-UFMS)... O que importa é a ação conjunta e proativa que demonstra a importância da solidariedade e da união em momentos de crise numa conexão de Norte a Sul.

Além disso, os HUFs contam com a parceria e a colaboração de outras organizações para realizar o transporte de maneira gratuita e segura. O objetivo é garantir a continuidade da assistência via Sistema Único de Saúde (SUS) aos pacientes internados, os que estão chegando e os que foram atingidos por essa catástrofe e necessitam de cuidados especiais. A gerente de Atenção à Saúde do HUSM-UFSM, Tânia Magnago, declarou ator "essa corrente de solidariedade impacta diretamente na qualidade e segurança ofertada no cuidado aos pacientes críticos que necessitam de ventilação auxiliar. É a segurança de que, se necessário for, o equipamento estará à disposição e o paciente não sofrerá danos pela sua falta". Ela referiu-se, especialmente, ao recebimento, na manhã do dia 13, de doze ventiladores pulmonares doados pelo Complexo cearense da Ebserh.

Entenda o impacto logístico

O gerente administrativo do HU-Furg, Tomás Dalcin, detalhou os graves impactos causados pelos danos na infraestrutura logística do Rio Grande do Sul. Segundo ele, as malhas rodoviária e aeroportuária foram afetadas, resultando na impossibilidade de diversas empresas despacharem insumos (empenhos) e cumprirem prazos de entrega essenciais para o restabelecimento dos estoques de segurança. "Além disso, alguns caminhões que já estavam a caminho ficaram isolados devido a quedas de barreiras. Outras empresas, ainda, tiveram sérios danos em plantas ou centros de distribuição, o que vai atrasar a retomada da cadeia logística até que a infraestrutura seja totalmente restabelecida", detalhou o gestor.

Por sua vez, a gerente de Atenção à Saúde do HE-UFPel, Samanta Madruga, salientou a importância das doações recebidas para enfrentar a escassez de insumos enfrentada em todo o estado. Segundo ela, "a colaboração é essencial devido à dificuldade de abastecimento, uma vez que a maioria dos fornecedores está localizada em Porto Alegre. Nesse momento, é essencial que os hospitais trabalhem juntos, pois as doações são fundamentais para garantir a assistência, visto que nem sempre é possível adquirir diretamente dos fornecedores". Além disso, Samanta mencionou a importância da rede de empréstimos entre os hospitais para suprir as necessidades de todos e manter a qualidade do atendimento.

Solidariedade em meio à adversidade

Diante da situação de calamidade no Rio Grande do Sul, a solidariedade e a cooperação entre os Hospitais da Rede Ebserh mostram-se fundamentais para oferecer suporte à população afetada pelas inundações. Os depoimentos destacam a importância dessa ação conjunta:

"Acompanhamos as consequências das inundações do RS pela televisão e, nesse momento de adversidade, é fundamental que a união e a ação solidária para diminuir o desconforto e ajudar quem está precisando. Com ações como essa, podemos oferecer um raio de esperança para as pessoas que estão enfrentando esses desafios. Desejo que esse gesto inspire pessoas e outros órgãos a se juntarem nesse esforço coletivo para aliviar o sofrimento da população e que em breve possam reconstruir o que foi perdido." -  Chefe do Setor de Abastecimento Farmacêutico e Suprimentos do HU-UFGD, Carlos Alexandre Dias

"Gostaria de compartilhar que fizemos nossa parte em ajudar nossos colegas do Rio Grande do Sul, com envio de medicamentos e nutrição parenteral aos Hospitais de Pelotas, Santa Maria e Rio Grande. Ainda há muitos desafios no Sul para manutenção dos hospitais em geral, pois parte das fábricas de insumos foram destruídas nas enchentes. Obrigado a todos pelo empenho!" - Gerente administrativo do HUJM-UFTM, Cassiano Moraes Falleiros

"Estamos comprometidos em fortalecer as redes de cuidado à saúde em todo o país. Essa doação ao Hospital Universitário de Santa Maria é um exemplo de como podemos trabalhar juntos para melhorar a qualidade do atendimento aos pacientes." - Superintendente do CH-UFC, Josenília Gomes.

"Entendemos a gravidade da situação enfrentada no RS e sentimos necessidade de auxiliá-los com a maior quantidade de insumos possível. Nossa maior preocupação foi encontrar meios para que esses insumos chegassem o mais rápido possível em Pelotas. Então, iniciamos a busca por parceiros que pudessem fazer o transporte com agilidade para que não houvesse perda do medicamento termolábil. Nosso auxílio veio prontamente da Companhia Aérea Azul. Essa ação só foi possível graças ao trabalho em equipe das Unidades Hospitalares do Mato Grosso do Sul e do RS. Houve o real comprometimento e sincronia dos colaboradores envolvidos para que essa ação fosse realizada de forma rápida e segura." - Chefe do Setor de Abastecimento Farmacêutico e Suprimentos do Humap-UFMS, Flávia Regina Mazucato.

*Com informações do Ebserh

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Investimentos

Investimentos públicos garantem qualidade de vida e potencializam turismo em Rio Verde

Governador cumpriu agenda no município

Operação Pantanal

Força-tarefa segue ativa para prevenir e combater incêndios no Pantanal

Objetivo é evitar novos focos em nova onda de calor e tempo seco

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo