X
Saúde

MS vai receber 41.783 vacinas contra a dengue do Ministério da Saúde

Ao todo 33 municípios que receberão os imunizantes

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da SES (Secretaria de Estado de Saúde), vai receber 41.783 doses da vacina contra a dengue do Ministério da Saúde, referente a 1ª remessa para operacionalização da estratégia de vacinação contra a dengue.

Ao todo, 33 municípios que compõe a macrorregião de saúde de Campo Grande receberão os imunizantes. Por ora, o Ministério da Saúde ainda não informou o horário da chegada do imunizante, que pode acontecer desta sexta-feira (9) até a próxima segunda-feira (12).

Segundo a coordenadora de Imunização da SES, Ana Paula Rezende Goldfinger, assim que as vacinas chegarem ao Estado, as doses estarão prontas para serem retiradas pelos municípios contemplados para esta primeira fase de distribuição pelo Ministério da Saúde.

"Vamos entregar assim que chegar ao Estado para o município que puder vir buscar", frisa Goldfinger. O público-alvo nesse primeiro momento serão crianças de 10 e 11 anos, faixa etária que concentra o maior número de hospitalização por dengue, dentro do quadro de crianças e adolescentes de 6 a 16 anos.

O esquema vacinal será composto por duas doses com intervalo de três meses entre as doses. A recomendação é que a vacinação seja iniciada pela administração de D1. As demais doses para D2 serão enviadas posteriormente, considerando o intervalo recomendado de 3 meses entre as doses.

A distribuição das doses nos municípios foi determinada com base em três critérios principais: o ranqueamento das regiões de saúde e municípios, o quantitativo necessário de doses para a população-alvo conforme a disponibilidade (prevista pelo fabricante) e o cálculo do total de doses a serem entregues em uma única remessa ao município.

Os municípios elencados são: Campo Grande (24.639 doses), Costa Rica (771), São Gabriel do Oeste (834), Maracaju (1.223), Jardim (731), Coxim (929), Guia Lopes da Laguna (297), Sidrolândia (1.435), Pedro Gomes (182), Chapadão do Sul (945), Rochedo (156), Anastácio (739), Camapuã (338), Bonito (715), Figueirão (108), Nova Alvorada do Sul (764), Aquidauana (1.460), Jaraguari (209), Miranda (883), Dois Irmãos do Buriti ((338), Sonora (434), Ribas do Rio Pardo (746) Alcinópolis (115), Caracol (149), Corguinho (161), Bela Vista (683), Rio Verde de Mato Grosso (549), Paraíso das Águas (184)Terenos (506), Rio Negro (129), Nioaque (390), Porto Murtinho (463), Bodoquena (269) e Bandeirantes (221).

A SES reitera que a estratégia de vacinação do Ministério da Saúde pode sofrer alteração ao longo campanha de vacinação.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Utilidade pública é proposta à entidade que promove combate à pobreza no campo

O instituto é uma entidade privada sem fins lucrativos

Geral

Proibição da pesca do Dourado segue para sanção

A matéria será votada em segunda discussão

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo