X
Saúde

Santa Casa recebe R$ 22,8 milhões em parcela única do Ministério da Saúde

Santa Casa de Campo Grande / Arquivo

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), em conjunto com a Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento (SEFIN/CG) e apoio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Campo Grande e da bancada federal, intermediaram junto ao Ministério da Saúde para que fosse atendido o pleito da Santa Casa de aumento de repasse financeiro.

O Ministério da Saúde publicou nesta quarta-feira (30), a Portaria GM/MS, Nº 3.856, liberando R$ 22.800.000,00 pago em parcela única para custeio ao enfrentamento à pandemia do coronavírus.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, explicou que a solicitação da Santa Casa foi uma das pautas que ele discutiu durante sua agenda em Brasília com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o secretário de Atenção Especializada do Ministério da Saúde, coronel Luiz Otavio Franco Duarte. “Fizemos a intermediação junto ao Ministério para que fossem liberados os recursos para ajudar a Santa Casa nesse momento que estão passando como forma de mitigar a crise financeira instalada no Hospital”, disse.

Durante a reunião da Comissão Intergestora Bipartite (CIB), em 04 de dezembro, foi aprovado o pleito junto ao Ministério da Saúde/ Fundo Nacional de Saúde para a Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande/MS, que solicita a liberação de recursos ao Fundo Municipal de Saúde – FNS de Campo Grande/MS, para repasse à Sociedade Beneficente Santa Casa de Campo Grande.

O presidente da ABCG Santa Casa, Heitor Rodrigue Freire, agradeceu o esforço investido tanto pela Diretoria Corporativa e Executiva do Hospital como pelo poder público e bancada federal, que permitiu que a instituição pudesse cumprir com seus compromissos.

“Gostaríamos de agradecer o empenho do secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, que tanto nos apoiou neste último trimestre e nos ajudou em diversas atividades e no repasse de verba dos R$ 11 milhões que nos ajudou a pagar o 13º dos funcionários e pendências que tínhamos com os médicos. Agradecemos também ao secretário de Finanças do Município Pedro Pedrossian Neto, a bancada federal, na pessoa da ministra Tereza Cristina, senador Nelsinho Trad, e ao deputado federal Luiz Ovando, pelo apoio a essas iniciativas. Este recurso chega como um presente agora neste final de ano", afirma o presidente.

Socorro a Santa Casa de R$ 11 milhões

A Santa Casa foi contemplada com R$ 11 milhões que faz parte do pacote de R$ 27,5 milhões do Governo do Estado como forma de ajuda com o envio de recurso emergencial para municípios e hospitais ampliarem ações de combate à pandemia de coronavírus em Mato Grosso do Sul. Municípios sede das macro e microrregiões de saúde foram beneficiados. Além, de cidades que possuem leitos de UTI custeados pelo poder público.

Os 5,5 milhões, dos R$ 11 milhões destinados a socorrer a Santa Casa de Campo Grande, serviu para aliviar a situação financeira do hospital e fazer frente junto ao corpo médico da instituição. Como contrapartida, a Santa Casa fará diversas cirurgias eletivas, como forma de reduzir a fila de espera causada em razão da pandemia do coronavírus no Estado.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Emprego

ICMBio abre seleção de brigadistas para atuar na Serra da Bodoquena

Os selecionados receberão remuneração mensal equivalente a um salário mínimo, além de benefícios legais

Polícia

Polícia Civil de Aquidauana recupera celular e fecha ponto de venda de drogas

Jovem mentiu que iria desbloquear aplicativo, mas vendeu em ponto de drogas

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo