X
Clima e cuidados com a saúde

Sem previsão de chuva, fim de semana será de tempo seco e exige cuidados com a saúde

Médico otorrinolaringologista ensina como adotar uma rotina de cuidados em casa

Inverno e tempo seco facilitam o surgimento de doenças respiratórias / Saul Schramm

O final de semana será de tempo estável em Mato Grosso do Sul, com sol e variação de nuvens, mesmo assim, não há previsão de chuva para o Estado até o final do mês de julho. A baixa umidade do ar dificulta a saúde respirtória propiciando algumas doenças durante o inverno seco, que precisasm de cuidados redobrados.

Temperaturas tipicas de inverno, as manhãs são marcadas pelo clima mais ameno e temperaturas máximas em elevação durante o dia.Devido a atuação de uma massa de ar seco, os próximos dias serão marcados por altas grande amplitude térmica (diferença entre a temperatura máxima e a mínima) e baixos valores de umidade relativa do ar, ficando abaixo dos 20%.

Todas estas condições meteorológicas, aliado ao período com os menores índices pluviométricos do ano, deixam o ambiente atmosférico propício para ocorrência de doenças respiratórias.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a umidade do ar ideal compreende a faixa entre 50 e 80%. Entretanto, em algumas épocas do ano, como no inverno, ela tende a cair.

De acordo com o médico otorrinolaringologista da Unimed Campo Grande, Bruno Higa Nakao, as doenças mais comuns nesta estação são: gripe, rinites alérgicas, asma e bronquite. Ainda segundo ele, os cuidados com a saúde começam sempre com uma boa hidratação e alimentação saudável.

Hidratação no tempo seco

"Para evitar problemas respiratórios, ou que as doenças do trato ataquem, é essencial adotar uma rotina de cuidados em casa, como:

- Ter uma boa higienização, lavando as mãos e limpando os ambientes com pano úmido

- Escovar animais de estimação fora do ambiente de casa, para não ter perda de pelo no local

- Na medida do possível deixar a janela aberta para ter troca de ar em um horário que esteja mais quente

- Usar umidificadores, bacias com água ou toalhas molhadas para ajudar a umedecer o ambiente", destaca.

Frutas, verduras, e uma dieta mais le também são indicados. Escolha alimentos frescos e, preferencialmente, produzidos próximo do horário de consumo. Substitua a fritura por alimentos assados ou cozidos e troque o sorvete de massa por picolé de frutas.

Evite banhos muito quentes, que ressecam a pele, e use sempre um creme hidratante. Caso tenha irritação respiratória e dos olhos, use soro fisiológico para lavar essas regiões.

Previsão para o fim de semana

Sexta e Sábado: As menores temperaturas previstas são para as regiões Sul, Leste, Norte, Bolsão e região de Campo Grande com valores de temperatura mínima entre 16-20°C.

Já na região sudoeste e pantaneira as mínimas ficam entre 20-22°C. Durante o período da tarde as máximas sobem rapidamente e ficam entre 32-34°C em grande parte do Estado, com exceção do extremo sul que as máximas ficam por volta dos 30°C.

Na Capital, espera-se mínima de 19-20°C e máxima por volta dos 31°C.

Domingo: Na região extremo sul, norte, leste, bolsão e grande Dourados esperam-se temperaturas mínimas entre 17-18°C enquanto que na região sudoeste, pantaneira e grande Campo Grande as mínimas oscilam entre 21-23°C.

As temperaturas máximas estarão altas em grande parte do estado, entre 30-35°C. Porém, na região pantaneira as máximas podem ultrapassar os 35°C. Em Campo Grande, mínima de 21°C e máximas entre 31-32°C.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Corumbá

Cachorro invade avenida e derruba homem de bicicleta elétrica

O homem teve ferimentos nos membros superiores e inferiores e foi socorrido 

Miranda

Sucuri de 2,5 metros é capturada em Miranda

PMA foi acionada e resgatou a serpente em segurança

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo