23 de setembro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Tecnologia

O notebook virou telefone

19 SET 2007 - 17h11min
uol

Não é fácil saber em que parte do mundo está o paulista Cláudio Martins, diretor de tecnologia da informação da General Motors para América Latina, África e Oriente Médio. Seu endereço mais freqüente são aeroportos em cidades tão distantes entre si como Detroit, nos Estados Unidos, e Frankfurt, na Alemanha. Onde quer que esteja, porém, Martins sempre responde a chamadas feitas para o telefone fixo instalado em sua sala no escritório da companhia em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo. Aparelhado com um notebook e um fone de ouvido, ele faz parte de um grupo de profissionais que hoje carregam em tempo integral um dos mais novos aparatos corporativos de comunicação: um sistema capaz de receber e fazer chamadas pela internet. Trata-se de algo semelhante a mecanismos como o do Skype. A diferença é que o sistema adotado por empresas como a GM é mais sofisticado e adaptado ao uso corporativo (com segurança capaz de rastrear grampos, por exemplo). Por meio desse sistema, Martins pode ser encontrado até por interlocutores inesperados - e não apenas pelo chefe ou por colegas de trabalho. Recentemente, ele atendeu à ligação de um encanador que havia sido chamado às pressas pela empregada que trabalha em sua casa para resolver um vazamento. "O detalhe é que eu estava em Londres, prestes a ir para a cama", diz ele.



Hoje, um time de 1 000 funcionários da subsidiária brasileira da GM - de vendedores que viajam o país a diretores que percorrem o mundo - usa um sistema de voz sobre IP móvel em seu notebook. Os primeiros testes começaram há três anos e, segundo Martins, logo os benefícios convenceram a diretoria a espalhar o sistema pela empresa. A comunicação por VoIP (voz sobre IP) móvel mostrou-se mais eficiente até mesmo do que os celulares, que costumam ter problemas de cobertura em alguns aeroportos e regiões do mundo. Outra vantagem é que todos podem conversar de graça entre os ramais. O sistema também torna visível, numa lista atualizada em tempo real, quem da empresa está ocupado ou não para conversar. "É tudo muito prático", diz Martins. "Disco apenas o ramal, em vez do número inteiro, e não tenho de me preocupar em digitar códigos internacionais para encontrar outros colegas em viagem."



Apesar das facilidades, o sistema ainda é empregado por poucas empresas no país e no mundo - sobretudo porque exige investimento em tecnologia e certa mudança cultural por parte dos funcionários. "A explosão do uso da tecnologia ainda não aconteceu, mas é uma forte tendência para os próximos anos", afirma Júlio Puschel, analista sênior do Yankee Group no Brasil. Estimativas indicam que o mercado de VoIP móvel vai quadruplicar até 2010 e movimentar 12 bilhões de dólares por ano apenas na Europa. Lá fora o mecanismo é usado, por exemplo, pelo Bank of America e pela chinesa Shanghai General Motors, associação entre a Shanghai Automotive Industry Corporation e a GM dos Estados Unidos. Fornecedores dessa tecnologia, como Cisco, Avaya e Siemens, também já adotaram o conceito.


É possível conectar-se ao VoIP móvel de qualquer lugar que ofereça acesso à internet banda larga, seja por meio de conexão cabeada, seja por redes sem fio, como as de cafés e aeroportos. Antes disso, porém, a empresa precisa instalar uma rede de PABX IP, para que todo o seu sistema de ramais fixos se comunique pela internet. Segundo estimativas de mercado, o custo médio para migrar para um sistema desse tipo é 300 000 reais, no caso de uma grande empresa. O investimento, porém, acaba compensando. Como a ligação entre ramais tem custo zero, os gastos com telefonia podem diminuir em até 30% numa grande empresa - um dos argumentos mais convincentes para estimular os executivos a abandonar o hábito de tirar o telefone do gancho para falar com o colega, seja na Índia, seja no andar de baixo do mesmo prédio.


Em alguns casos, a tecnologia é a única maneira de manter funcionários conectados em cidades mais remotas. A Alcoa, por exemplo, instalou o sistema de comunicação por notebook há dois anos para dez executivos que viajam bastante ou que estão alocados em regiões onde a cobertura das operadoras de telefonia celular ainda é precária. Um dos executivos que fazem parte dessa equipe é Nilson Souza, vice-presidente da divisão de produtos primários da Alcoa. Recentemente, Souza tem viajado com freqüência para Juruti, no Pará, de onde coordena a abertura de uma mina de bauxita na região. Dali, ele usa o seu notebook para participar de conferências via VoIP e transforma a sua máquina num escritório ambulante. Com a integração de diferentes tecnologias, em meio à floresta Amazônica dá para ligar a câmera, iniciar uma videoconferência e até mostrar uma apresentação feita em PowerPoint ao colega do outro lado. A qualidade do som, de acordo com Souza, é boa e nítida -- diferente de quando começou a usar o sistema, cerca de dois anos atrás. "Naquele tempo, havia eco e atrasos", afirma ele. "Agora não temos problemas desse tipo."

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Acidente entre caminhão e moto deixa duas vítimas em estado grave, em Aquidauana

2
Aquidauana

Aquidauanense de 99 anos é a nova vítima fatal da Covid-19

3
Política

Candidato a prefeito, deputado estadual e vice testam positivo para Covid-19

4
Política

Confira a lista de candidatos a vereador pelo Podemos em Aquidauana

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min20 max36

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min20 max36

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
1,83m
Paraguai
1,01m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Talvez...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"UMA APRENDIZAGEM ou O LIVRO DOS PRAZERES"

Flavia Rohdt

Aldravia 25 #PantanalemChamas

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Auto Posto

Posto Lavakar

Manoel Antonio Paes de barros, 964 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2666
Pizzarias

Pizza Jóia

Av. Dr. Sabino, 272 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2002
Advocacia

Gustavo Pellicioni

Rua Manoel Antônio Paes de Barros, 415 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4900 / 324
Ver Mais
Fale com a redação