20 de janeiro de 2021
Anuncie Aqui
-->
Turismo

Definidos representantes em conselho do Parque Pantanal

17 NOV 2007 - 11h55min
ms notícias

Reunião com a participação do Ibama, Instituto Chico Mendes, Prefeitura de Corumbá, empresários de turismo e ambientalistas, realizada na segunda-feira (12), definiu os representantes de Mato Grosso do Sul no Conselho Consultivo do Parque Nacional do Pantanal.


O funcionamento desse colegiado será fundamental para solucionar conflitos hoje existentes no uso dos recursos naturais no entorno da unidade. O Parque Nacional do Pantanal, criado em 1981, abrange área de 138 mil hectares nos municípios de Cáceres e Poconé, em Mato Grosso, e seu plano de manejo, constituído somente em 2004, estabelece uma série de normas que contrariam os interesses de Corumbá.


Ao fixar a área de entorno em 10 km, o Ibama proíbe a pesca em trechos do Rio Paraguai em território de Mato Grosso do Sul.


Em julho, em atenção aos empresários de turismo, a Prefeitura de Corumbá intermediou reuniões com o Ibama de Mato Grosso para buscar uma solução conciliatória.


O secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável, Cássio Costa Marques, e secretário-executivo de Meio Ambiente, Ricardo Eboli, se reuniram em Cuiabá com o superintendente do Ibama, Paulo Mayer. Posteriormente, o superintendente esteve em Corumbá.


Gestão compartilhada


Nos encontros realizados decidiu-se que a mudança da legislação para permitir a pesca e outras atividades econômicas no entorno seria possível com a revisão do plano de manejo do parque, competência do conselho consultivo, ainda não criado.


O processo de escolha dos conselheiros iniciou-se por Corumbá. Nos dias 29 e 30, reuniões em Cáceres e Poconé definirão os representantes de Mato Grosso.


"Estamos vivendo um novo momento na gestão ambiental entre Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, onde o objetivo é encontrar formas de harmonizar a conservação dos recursos naturais com a exploração sustentável", disse o secretário Ricardo Eboli.


Segundo o secretário, existe um consenso quanto à necessidade de revisar o plano de manejo, onde se pretende disciplinar a atividade pesqueira no entorno do parque.


Ruiter presente


Eboli disse que o conselho consultivo deverá ser instalado em janeiro de 2008, quando se espera que a gestão compartilhada do parque permita dirimir os conflitos existentes. "As discussões evoluíram e a expectativa é a de que, com a inserção de todos os segmentos envolvidos, possamos construir uma gestão de forma conciliadora, explorando as áreas do entorno com sustentabilidade", acrescentou.


O conselho será paritário e terá 36 representantes - 18 de cada estado -, com mandato de dois anos. O presidente será o chefe do Parque Nacional do Pantanal, José Augusto Ferraz de Lima, representando o Instituto Chico Mendes.


A reunião realizada em Corumbá na última segunda-feira foi coordenada pelo superintendente do Ibama de Mato Grosso, Paulo Mayer, e prolongou-se por mais de cinco horas. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira participou da abertura dos trabalhos, no Hotel Nacional.


Presentes também os secretários Ligia Baruki (Educação), Lamartine Costa (Assistência Social) e Marco Antônio Barros (Desenvolvimento Agropecuário), as vereadoras Cristina Lanza e Maria Maria Miranda, empresários e representantes do terceiro setor.


Conselheiros


Os representantes (titulares e suplentes) de Mato Grosso do Sul no conselho são:


Governos: Marinha, Prefeitura de Corumbá e Secretaria Estadual de Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia;


Setor produtivo: Associação das Empresas de Turismo de Corumbá (Acert), Sindicato Rural de Corumbá e um representante das empresas de navegação;


Trabalhadores: Colônia de Pescadores Z-1 de Corumbá e sindicatos dos trabalhadores rurais e dos marítimos do município;


Comunidade científica: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Embrapa Pantanal e Universidade para o Desenvolvimento da Região do Pantanal (Uniderp);


Moradores no entorno (do parque): comunidades de Baia Uberaba, Serra do Amolar, Barra do São Lourenço, Porto Índio e Palmital;


Organizações não-governamentais (Ongs): WWF, Instituto Homem Pantaneiro (IHP), Fundação O Boticário, Ecoa, CI (Conservação Internacional) e Seapan.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Criança de 6 anos morre em acidente na rodovia MS-178, em Bodoquena

2
Geral

Morre ex primeira dama de Anastácio

3
Policial

Corpo não identificado é encontrado nesta manhã no rio Aquidauana

4
Aquidauana

Para homenagear o pai falecido, Gabriela chega de caminhão em seu casamento

Vídeos

Após chuvas, árvore cai em cima do telhado de residência em Corumbá

Com período chuvoso intenso, rio Aquidauana sobe e chega a 5 metros

Após acidente de trânsito envolvendo carro e moto, vítima é levada para pronto socorro

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max28

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min22 max28

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
5,92m
Miranda
4,05m
Paraguai
0,94cm

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

A...

Mariana Thomé

Corrupção: o mal que deve ser inibido e que impede o ...

Rosildo Barcellos

Pneu verde

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Médicos

Auracélia da Silva Marques Barbero

Rua 07 de Setembro, 1193 Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3665 / 998
Médicos

Carlos Alberto A. Filho - Otorrino

Ruas Marechal Mallet, 601 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2126
Camping

Camping Três Marias

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 9995-3725
Ver Mais
Fale com a redação