13 de junho de 2021
Anuncie Aqui
-->
Turismo

Eventos internacionais injetam US$ 8,5 milhões na economia do País

16 ABR 2008 - 10h37min
turismo.gov

A ministra do Turismo, Marta Suplicy, e a presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Jeanine Pires, divulgaram nesta segunda-feira(14), em São Paulo (SP), ao lado do presidente da Fecomercio (Federação do Comércio do Estado de São Paulo) Abram Szajman, e do presidente do São Paulo Convention & Visitors Bureau, Orlando de Souza, dados parciais da "Pesquisa do Impacto Econômico dos Eventos Internacionais no Brasil - 2007/2008", estudo inédito realizado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) para o Ministério do Turismo, por meio da Embratur.

Campanha Drogaria Aquidauana Institucional - 12

A apresentação da primeira etapa da pesquisa - realizada em seis eventos internacionais, entre setembro de 2007 e janeiro deste ano, com 1.459 turistas estrangeiros - aconteceu na sede da Fecomercio para uma platéia de aproximadamente 100 empresários de turismo. Os resultados demonstram a importância do setor: US$ 8,5 milhões de impacto direto dos gastos dos turistas estrangeiros - sendo US$ 4 milhões em hospedagem, US$ 1,3 milhão em alimentos e bebidas e US$ 890 mil em compras e presentes.


Para a ministra Marta Suplicy, a pesquisa resgata o peso econômico do segmento, e sua importância está na identificação de oportunidades e na possibilidade de planejamento que oferece aos setores envolvidos. "Trabalhamos com duas linhas no ministério: a inclusão social e o planejamento. O turismo dá certo quando se cria musculatura interna, e quando se tem diagnóstico para planejar. É isso que estamos criando."


A ministra lembrou que há poucos dias, divulgou outra importante pesquisa, sobre os 65 destinos turísticos prioritários para o desenvolvimento do turismo no país. "Mais uma pesquisa inédita, junto com a FGV, e que nos permitirá orientar investimentos, com vistas a cumprir metas até 2010. Estamos criando, assim, uma base de dados confiável, ótimo instrumento para o trabalho de secretários municipais e estaduais de turismo". Marta Suplicy também destacou que a Pasta faz investimentos em infra-estrutura turística e destinou, apenas em 2007, R$ 39 milhões para obras de construção, ampliação e reformas de centros de convenção, ação que afeta a realização de turismo de eventos.


Em relação ao levantamento sobre eventos internacionais, a ministra do Turismo destacou ainda que os dados são muito positivos. "Temos aqui um público pesquisado de alto poder aquisitivo, também de alto nível de escolaridade e formador de opinião". A pesquisa identifica que mais da metade dos turistas de eventos visita o Brasil pela primeira vez e que mais de 80% declara ter intenção de retornar. Por volta de 85% afirma que a imagem em relação à cidade do evento melhorou após a viagem e, dos que permanecem mais dias além do período do encontro, 55% diz ser por motivo de Lazer. Têm um gasto médio diário de US$ 312,27 e uma permanência média de seis dias.


A presidente da Embratur, Jeanine Pires, destacou que "o setor de eventos internacionais no Brasil ganha ao trazer turistas que antes não pensavam em visitar o Brasil e que vêm por uma demanda profissional. E, uma vez aqui, voltam com uma melhor imagem do País, da cidade de realização do encontro e desejam retornar", disse.


Em relação aos gastos dos visitantes, a maior parte é desembolsada com hospedagem, seguido de alimentação e compra de presentes. Entre os principais itens adquiridos pelos turistas estão: souvenier/artesanato (60,4%), roupas/calçados (20,9%), brinquedos (17,4%), jóias (8,7%) e livros/revistas (5,6%).


TOP 10 em eventos - A necessidade de mensurar o impacto dos eventos internacionais realizados nas diferentes cidades brasileiras tornou-se imperativa depois de o Brasil se consolidar entre os TOP 10 maiores destinos-sede desses encontros. De acordo com ranking da ICCA (International Congress and Convention Association), a mais importante entidade internacional do setor, o país assegurou a 7ª posição, em 2006, com 206 eventos. O País é o líder na América Latina e, nas Américas, só fica atrás dos Estados Unidos.


Desde 2003, quando a Embratur passou a contar com uma política de apoio à captação de eventos internacionais para o Brasil, o País subiu 12 posições no ranking da ICCA.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Casal "ungido", Humberto passou de quase missionário a esposo quando coração bateu forte por Erika

2
Geral

Novas medidas para conter aglomerações e o avanço da covid já estão valendo em Aquidauana

3
Aquidauana

Lutando contra câncer cerebral, menino faz rifa na expectativa de vencer batalha nada fácil

4
Geral

Caminhão carregado com mandioca tomba na Estrada Parque de Piraputanga

Informe Publicitário

Informe

Selenita Semijoias tem o presente perfeito e sorteio de Dia dos Namorados

Previsão do Tempo

min14 max28

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min14 max28

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,05m
Miranda
1,88m
Paraguai
1,49m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Todo...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

AUTOESTIMA FEMININA: FORTIFICÁ-LA!

Rosildo Barcellos

A Retomada de Corumbá

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Auto Posto

Posto Jato

Av. Dr.Sabino, 161 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2354 / 324
Pesqueiros

Pousada do Serrano

Piraputanga, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 99911336
Escolas Municipais

Escola Municipal Indígena Pólo Lutuma Dias

Aldeia Limão Verde, Aldeia Limão Verde - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo