X
Turismo

Machu Picchu deve reabrir em abril após chuvas que deixaram turistas ilhados

Chuvas de janeiro deixaram cerca de 3.500 turistas ilhados, entre eles 270 brasileiros.

A famosa ruína inca de Machu Picchu deve reabrir em abril deste ano, depois da interdição por causa das torrenciais chuvas de janeiro que deixaram cerca de 3.500 turistas ilhados, entre eles 270 brasileiros.

Os temporais causaram deslizamentos que afetaram trechos da rodovia que liga a cidade de Cusco a Machu Picchu. A única outra opção de acesso à cidadela é uma trilha montanhosa de 45 quilômetros ou um voo de helicóptero.

Em janeiro, o governo teve de retirar por ar os turistas retidos no local por causa das chuvas, as piores em 15 anos, que mataram cinco pessoas.

"A cidadela está intacta e esperamos abrir Machu Picchu em 1º de abril", disse Martin Perez, ministro peruano do Comércio e Turismo, a jornalistas em Lima.

Cerca de 1 milhão de pessoas por ano visitam este patrimônio mundial, que fica cerca de 1.100 quilômetros a sudeste de Lima e a 2.400 metros de altitude.

A empresa Ferrocarril Transandino, que administra a ferrovia, disse que as obras de recuperação estão em andamento.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Inflação de março pesou menos para famílias de renda alta, aponta Ipea

Recuo de passagens aéreas ajudou a frear preços

Educação

Reforma do Caic e escola no Tupã-Baê são debates da educação

Unidade tem 930 alunos matriculados

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo