X
Turismo

MS Forte: segmento turístico de MS consolida-se interna e externamente

Divulgação e promoção de Mato Grosso do Sul no Brasil e no exterior, profissionalizando o turismo, capacitação e qualificação dos profissionais, atraindo visitantes e gerando bons negócios em 50 setores da economia impactados pela atividade. Esses são os objetivos do governo estadual através da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul e da Seprotur.


A participação da Fundtur em eventos nacionais e internacionais e o incentivo aos empresários locais em participar de tais eventos fazem parte do planejamento estratégico do governo do Estado, com o objetivo de promover e divulgar Mato Grosso do Sul aos mais variados públicos. Comprovadamente essas ações revelam-se como as mais eficientes ferramentas de promoção e divulgação de turismo.


Somente no segundo semestre deste ano, técnicos da Fundtur e empresários do trade turístico de Mato Grosso do Sul apresentaram os atrativos turísticos do Estado em eventos realizados em Tóquio, Milão, Veneza, Pádua, Bolonha, Roma, Paris, Buenos Aires, Assunção, Londres e várias cidades do interior de São Paulo, além da capital paulista, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Salvador. Esta semana estão acontecendo também eventos em Foz do Iguaçu, Londrina, Porto Alegre e Brasília, que contam com comitivas de Mato Grosso do Sul.


O gerente de promoção e divulgação da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Matheus Dauzacker Neto, explica que a participação do Estado nesses eventos acontece através de parcerias com companhias aéreas, Abav (Associação Brasileira das Agências de Viagens), Conventions Bureaus, governos locais e embaixadas, além do empenho do governo estadual. Segundo ele, os resultados são sempre muito positivos.


"É impressionante o interesse de operadores e agentes de turismo desses países em destinos de natureza. E natureza Mato Grosso do Sul tem de sobra", afirma Matheus.


"Na Itália, por exemplo, fomos recepcionados pelo embaixador brasileiro José Viegas, nascido em Corumbá, ocasião em que fomos muito prestigiados pela mídia especializada local. A ideia é mudar o destino dos europeus no Brasil, de forma que saiam do circuito litorâneo e conheçam os destinos de ecoturismo, que é nosso carro-chefe", esclarece ele.


"O Estado de Mato Grosso do Sul tem demonstrado sua capacidade em promover o turismo, registrando presença em eventos nacionais e internacionais com o intuito de mostrar ao Brasil e ao mundo que o Estado é destino seguro para novos investimentos e que possui infraestrutura turística e política de capacitação para receber bem o turista", explica a diretora-presidente da Fundtur, Nilde Brun.


No mês passado, no Rio de Janeiro, o município sul-mato-grossense de Bonito, no Sudoeste do Estado, foi contemplado pela oitava vez consecutiva com o título de Melhor Destino de Ecoturismo do Brasil no Prêmio O Melhor de Viagem e Turismo - A Escolha do Leitor, da revista Viagem e Turismo, da editora Abril. Assim, Bonito é campeã absoluta na categoria vencendo os destinos de Brotas (SP) e Fernando de Noronha (PE), respectivamente segundo e terceiro colocados.


Fortalecimento interno
Paralelamente aos eventos externos, as dez regiões turísticas do Estado seguem cumprindo suas respectivas agendas, objetivando o fortalecimento do segmento internamente. A região turística Bonito/Serra da Bodoquena, por exemplo, teve a posse de seu conselho gestor no dia 29 de setembro em Porto Murtinho.


A cerimônia de posse da Instância de Governança Regional de Turismo da região turística Bonito/Serra da Bodoquena aconteceu durante o 5° Festival Internacional de Porto Murtinho.


A instalação da Instância de Governança Regional do Turismo faz parte da política de desenvolvimento e estruturação do turismo no Brasil, estando presente no Plano Nacional de Turismo (2007-2010) como estratégia de fortalecimento da gestão descentralizada da atividade turística nas regiões.


A Instância tem como objetivo coordenar e incentivar o turismo na região, de forma descentralizada, através da união do poder público, iniciativa privada, terceiro setor e sociedade civil.


Integram a região Bonito/Serra da Bodoquena os municípios de Bodoquena, Bonito, Jardim, Nioaque, Guia Lopes da Laguna e Porto Murtinho. Os procedimentos estão sendo coordenador por turismólogos da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

Lista de pré-selecionados atrasou quatro dias

Economia

Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19 horas, no horário de Brasília

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo