X
Turismo

Para brasileiros, procedimentos em aeroportos dos EUA estão normais

"Está tudo normal." Essa é a impressão de turistas que vieram dos EUA e da Europa ouvidos pela reportagem na última sexta, no aeroporto internacional de Guarulhos (SP).


De acordo com os relatos, os procedimentos de segurança continuam os mesmos: tirar os sapatos, o cinto e o casaco antes de passar pelo detector de metal e colocar a bagagem de mão, com o laptopo para fora, na esteira de raio-X.


"Tinha fila, mas não notei nada de diferente", diz o empresário Silvio Golfetti, que vinha de Miami com a mulher e a filha de dois anos.


A aposentada Iolanda Moura, que viajou para Nova York após o atentado do dia 25 de dezembro, também não teve problema com a polícia norte-americana.


"Acho que a confusão é com quem vai ou volta daqueles países que estão na lista [dos 14 "países de risco", elaborada pelos EUA], né? Para nós, brasileiros, está tranquilo."


O consultor cirúrgico Fernando Feitosa, que foi à Disney de Orlando com a família, também não viu nenhum tipo de abuso.


"Tem de tirar o casaco e o sapato", diz ele. "Até pode soar um pouco de humilhação para os passageiros, mas a gente entende completamente, é uma questão de segurança, não tem nem o que discutir."


O único procedimento diferente que alguns turistas brasileiros notaram foi a checagem de laptops --os policiais analisavam cada máquina passando um detector sobre o aparelho. "Isso eu nunca tinha visto, mas não muda nada", afirma o chef de cozinha Adriano Quaranta Martins, ao chegar de Paris.


Sobre a proibição do uso do cobertor, os brasileiros afirmam que não viram nada disso. "Nossa, imagina. Não tinha nenhuma proibição", diz a arquiteta Cristina Vieira, mulher de Silvio Golfetti. Era possível levantar para ir ao banheiro a qualquer hora --exceto na decolagem e no pouso.


Para o egípcio Ali Hamdoun, enviado especial do Ministério da Religião do Egito ao litoral santista, a maior dificuldade foi conseguir o visto. "Correu tudo bem nos aeroportos", diz ele, que saiu do Cairo e fez escala em Roma antes de chegar a São Paulo.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Dia dos Povos Indígenas

Eloy Terena visita aldeias em Aquidauana e destaca avanços

Secretário Executivo dos Ministérios Indígenas marcou visita em agenda em alusão aos Povos Indígenas

Obras

Ponte do Coqueiro está interditada para Obras em Bonito

Autoridades anunciam interdição temporária da Ponte do Coqueiro próximo à Fazenda Estrela Dalva para garantir a segurança dos usuários durante reformas essenciais

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo