X
Turismo

São Paulo é melhor capital para turista, diz pesquisa nacional


Avaliação realizada pela Fundação Getúlio Vargas a pedido do Ministério do Turismo concluiu que São Paulo é a capital brasileira mais bem estruturada para receber turistas. Entre as cidades que não são capitais, Foz do Iguaçu é a melhor, seguida por Ouro Preto.


A pesquisa avaliou 65 municípios em 13 aspectos, atribuindo notas de 0 a 100 a cada item. As cidades foram divididas em grupos de 27 (26 capitais e o Distrito Federal) e 38 (não capitais) e classificadas só dentro do próprio conjunto.


Os municípios foram selecionados por serem considerados alavancadores do desenvolvimento turístico regional. Eles influenciam 519 municípios vizinhos. Cada cidade foi visitada por pesquisadores da FGV durante cinco dias, entre julho e setembro de 2008.


Essa foi a segunda edição da pesquisa -a primeira foi realizada de novembro de 2007 a fevereiro de 2008.


Os 13 quesitos têm pesos diferentes, afirma Luiz Gustavo Barbosa, coordenador-geral do estudo. "Acesso, infraestrutura geral e atrativos turísticos são alguns dos itens mais importantes, porque interferem decisivamente na escolha do destino pelo turista. Já o monitoramento, por exemplo, é menos importante", diz.


São Paulo foi considerada a melhor em quatro quesitos: serviços e equipamentos turísticos, economia local, capacidade empresarial e acesso. As notas não foram divulgadas.


O primeiro quesito avalia sete itens: sinalização turística, centro de atendimento ao turista, espaços para eventos, capacidade dos meios de hospedagem, dos restaurantes e do turismo receptivo e estrutura de qualificação para o turismo.


O aspecto economia local avalia itens como a infraestrutura de comunicação e a facilidades para negócios.


No aspecto capacidade empresarial são avaliadas a presença de empresas de grande porte e a capacidade de qualificação e aproveitamento do pessoal local, entre outros.


No aspecto acesso são avaliados os acessos aéreo, rodoviário, aquaviário e ferroviário, transporte local e a proximidade com grandes centros emissivos de turistas.


Curitiba e Belo Horizonte venceram em dois aspectos cada uma, mas, segundo Barbosa, não é possível dizer que elas sejam vice-campeãs, devido ao peso distinto de cada quesito.


A melhor em infraestrutura geral é Florianópolis, diz a pesquisa. Nesse aspecto são avaliados o fornecimento de energia, a capacidade de atendimento médico, o serviço de proteção ao turista e a estrutura urbana nas áreas turísticas.


O Rio venceu na categoria atrativos turísticos, que avaliou atrativos naturais e culturais, eventos programados e realizações técnicas, científicas ou turísticas. A nota média do país foi de 54 pontos --na pesquisa anterior ela havia sido de 52,1.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

União

Pesquisa forense é impulsionada em parceria entre Sejusp e UFMS

Parceria intensifica significa mente a polícia científica

Inmet

Previsão é de chuvas isoladas e máxima de de 35ºC hoje em Aquidauana

Pode chover a qualquer momento na cidade

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo