X
Turismo

Transformada, Potsdamerplatz já hospedou hotéis luxuosos

Praça tem uma íntima relação com o cinema mundial.

Vista de cima do prédio do Sony Center, em Potsdamerplatz / Luisa Alcantara e Silva/Folha Imagem

A Potsdamerplatz (a cerca de 1 km do Portão de Brandemburgo), onde fica o Filmmuseum Berlin, tem uma íntima relação com o cinema mundial.

Essa praça é um dos locais que mais passou por transformações ao longo da história berlinense.

Grande centro de tráfego nas décadas de 1920 e 1930, tinha os hotéis mais luxuosos da época. Entre eles, o Grand Hotel Esplanade, que hospedou estrelas como Greta Garbo e Charlie Chaplin.

Inaugurado em 1908, o hotel foi quase que totalmente destruído após um bombardeio durante a Segunda Guerra. Sobraram apenas alguns cômodos, como o salão do imperador e a sala de café da manhã.

O hotel inspirou filmes como o homônimo "Grande Hotel" (1932), estrelado por Garbo, e seus destroços serviram de cenário para "Cabaré" (1972).

Após a construção do muro de Berlim, em 1961, a Potsdamerplatz tornou-se parte da chamada "faixa morta" da cidade. Hoje, 21 anos após a queda do muro, isso só pode ser percebido pelo caminho de paralelepípedos que indica o lugar por onde o muro passava.

Do Esplanade só sobraram algumas fachadas incorporadas ao Sony Center. (JAMES CIMINO)

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

Lista de pré-selecionados atrasou quatro dias

Economia

Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19 horas, no horário de Brasília

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo