X
Criança no volante

Pai filma menino de 10 anos dirigindo carro em Piraputanga

No vídeo, o genitor afirma que ingeriu bebida alcoólica

O pai disse queapenas estava ensinando o filho a dirigir / Reprodução/RedesSociais

Um homem filmou o próprio filho, de 9 anos, dirigindo em uma rodovia. No vídeo, gravado no final da tarde do último domingo (7), o pai comemora o fato de o filho estar conduzindo o veículo entre Piraputanga.

Segundo o site Campo Grande News, ele chama o menino de “motorista particular” e conta que havia ingerido bebida alcoólica, por isso entregou o carro para o garoto.

“Partiu, Campo Grande!”, diz o pai.

“Pelo menos se (a polícia) pegar, a multa é menor”, repreendendo o filho na sequência devido à velocidade que ele atinge na via - 140 km/h - ordenando que o menino dirija no limite da estrada, que é 80 km/h, segundo ele.

O genitor ainda fala que nem devia ter bebido porque precisava voltar a Campo Grande no mesmo dia.

“A BR está tranquila, hoje é domingo. Meu motorista já vai fazer 10 anos, já pode. No final do ano agora ele faz 10”, diz o homem no final do vídeo.

Nas imagens é possível ver que a estrada estava molhada e chovia na hora em que o menino dirigia. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, só podem conduzir veículos no país condutores devidamente habilitados.
Esses condutores precisam ser penalmente imputáveis, ou seja, terem 18 anos completos, além de saber ler e escrever, ter documento de identidade e CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Dirigir sem ser habilitado é infração gravíssima, passível de multa de R$ 880,41 e retenção do veículo.
No caso de crianças ou adolescentes flagrados nessa situação, esses estão sujeitos ao cumprimento de medidas socioeducativas, assim como os pais ou responsáveis.

O pai disse queapenas estava ensinando o filho a dirigir. "Eu só deixei ele pegar o carro um pouco, era em uma estrada de terra ali no Cachoeirão", alega. A afirmação, no entanto, contradiz o que ele diz no vídeo e as próprias imagens registradas, feitas em uma estrada asfaltada. Questionado se ele acha correto tal imprudência, por se tratar de uma ilegalidade, minimizou a ação e reforçou que "foi só uma brincadeira".

O Código de Trânsito Brasileiro considera crime "a conduta de permitir, confiar ou entregar a direção de veículo automotor a pessoa que não seja habilitada, ou que se encontre em qualquer das situações previstas no art. 310 do CTB, independentemente da ocorrência de lesão ou de perigo de dano concreto na condução do veículo". A punição é de detenção de seis meses a 1 ano e multa.

A PMR (Polícia Militar Rodoviária) informou, por meio da assessoria de imprensa, que o pai do garoto pode ser investigado pela Polícia Civil, uma vez que não foi flagrado cometendo a infração.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Meio ambiente

Brasil precisa recuperar 25 milhões de hectares de vegetação nativa

Meta de 12 milhões deve ser cumprida até 2030

Detran-MS

Licenciamento de veículos com placas final 1 e 2 vence 30 de abril

Débitos em situação irregular vão para dívida ativa

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo